sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

PEDALADA AO TOPO DA MAIA

Com forças da minha fonte,
Para a mente alimentar;
Fui ao anjo lá do monte,
A São Miguel a pedalar.

Que a Maia a história conte,
Para a Maia perpetuar;
Que daqui ao horizonte,
Não há como lá chegar.

A paisagem toda ao léu,
Que se vê até ao mar,
Nem a mente a compreende.

Porque a beleza nos prende,
Beleza só de se amar,
Essa visão junto ao céu.


José Faria

Sem comentários: