sexta-feira, 24 de abril de 2015

PEDALAR SALUTAR À CHUVA MAIA ESPOSENDE







Batizados e purificados toda a manhã pela salutar precipitação, fresca e pura, da mãe natureza, quase chegávamos a Esposende, não fosse um maior aguaceiro que nos ofuscou o olhar e a atenção e nos levou a um cafezinho, para acalmar.
Aí conhecemos a senhora D. Maria de 83 anos, cheia de vida e histórias para dar e contar. Regressamos na continuação de um treino de excelência, com o batismo por vezes intenso e continuado até nos recolhermos na Casa dos Frangos.
Depois de bem comidos e bem regados, eis que depois da reta do Mindelo... tau, furo na roda dianteira da bicla do Faria. Porque a substituição da camara de ar toda colada que não descolou, foi o Carlos Silva que o salvou.
E vamos embora que felizmente continua a chover. Vale sempre a pena quando a alma... e a aventura, não é pequena. Prontos e mais que prontos para lançar rodas à estrada a caminho de Santiago de Compostela.

Sem comentários: